SUVs Irmãos serão Lançados pela Nissan e Renault

SUVs Irmãos serão Lançados pela Nissan e Renault

Os dois modelos serão construídos em nova plataforma modular e terão linhas inspiradas em conceitos apresentados no último ano.

O que o mercado uniu, nem Carlos Ghosn separa: a aliança Renault-Nissan segue firme e forte e dará novos frutos em breve. As marcas se preparam para lançar SUVs elétricos no próximo ano, que devem chegar ao mercado no final de 2021.

Baseado no conceito de mesmo nome, revelado no Salão de Tóquio do ano passado, o Nissan Aryia já teve até as primeiras imagens de patente divulgadas. O modelo será construído na plataforma modular CMF-EV e terá medidas semelhantes às do X-Trail, que também será lançado em breve.

São 4,6 metros de comprimento, apenas 4 cm menor que o “irmão”, porém com entre-eixos 7,5 cm maior, oferecendo um espaço mais generoso na cabine.

O fato de ser elétrico ajuda na questão do conforto interno: o pacote de baterias sob o carro permite que o assoalho seja totalmente plano, e o sistema de ar-condicionado, que nos carros a combustão fica atrás do painel, pode ser instalado sob o capô, ampliando o espaço para os passageiros da frente.

Detalhes sobre motorização ainda não foram confirmados, mas o conceito era equipado com dois motores elétricos, um no eixo dianteiro e outro no traseiro para oferecer tração integral, o que deve ser seguido no carro de produção. A autonomia deve ficar em torno de 480 km.

O design será bastante parecido com o do conceito, com mudanças pontuais para deixar o carro mais sóbrio. Faróis e grade dianteira permanecerão fiéis aos traços do protótipo, mas detalhes em torno do pára-choque ficarão mais carregados.

Na traseira, a faixa de LED que une as lanternas será mantida. Já as rodas aparentam ser menores que as de 21 polegadas mostradas no conceito.
O Ariya trará ainda uma série de tecnologias semiautônomas, como o sistema ProPilot 2.0, que permite que o carro dirija sozinho em rodovias e faça ultrapassagens.
Já seu correspondente do lado francês, ainda sem nome, será construído na mesma plataforma e terá linhas parecidas com as do conceito Morphoz, revelado neste ano, e não com as da nova geração do Zoe, como havia sido especulado.

Em entrevista ao site britânico Auto Express, o designer chefe da Renault, Laurens van den Acker, disse que o Morphoz tem mais personalidade por não ter a tradicional grade enorme na frente e ser construído com um perfil aerodinâmico.

Mas o carro de produção não terá a mesma tecnologia de carroceria expansível como o protótipo, algo que ainda está a alguns anos de acontecer, segundo Acker.
A chegada do SUV elétrico ao mercado, porém, pode ameaçar outros modelos da marca, como o Mégane.
Uma vez que começarmos a incluir elétricos em nossa linha, outros veículos terão de ser descontinuados porque fica inviável financeiramente desenvolver todos eles ao mesmo tempo. O Mégane pertence a um segmento que está constantemente sob pressão. Precisamos colocar nosso dinheiro onde o futuro do mercado se direciona”, explicou o designer.


Publicado em: 07/05/2020