Kicks no Paraguai, Nissan começa com Exportação do SUV

Kicks no Paraguai, Nissan começa com Exportação do SUV

A Nissan do Brasil começa a exportar o SUV Kicks ao Paraguai, para onde já enviava desde 2016 o March e o Versa produzidos em Resende (RJ). Segundo a montadora, os paraguaios vão receber o mesmo carro à venda no mercado brasileiro. O país vizinho incorporou o etanol em sua matriz de combustíveis, o que permite o envio de veículos flex para lá, sem a necessidade de ajustes no motor ou no sistema de injeção de combustível. O Paraguai é o segundo destino de exportação do utilitário esportivo. O primeiro foi a Argentina, no fim e 2017.
 
"Ter mais um mercado para o Kicks reforça a posição do complexo industrial de Resende entre os mais importantes centros de produção e exportação da Nissan no mundo”, afirma o vice-presidente de operações de manufatura da Nissan América Latina, Sérgio Casillas.
 
O executivo recorda que o Kicks já teve mais de 190 mil unidades vendidas na América Latina desde o seu lançamento, há pouco mais de dois anos. A Nissan do Brasil exporta seus carros a partir de Resende para oito mercados da região: Argentina, Bolívia, Chile, Costa Rica, Panamá, Paraguai, Peru e Uruguai. Desde o início dos embarques foram enviadas mais de 40 mil unidades ao exterior.
 
No Brasil o Nissan Kicks ocupa o 15º lugar entre os carros mais vendidos. No ranking dos utilitários esportivos tem a quarta posição, atrás de Jeep Compass, Honda HR-V e Hyundai Creta.



Publicado em: 08/11/2018