Há um ano o Nissan Kicks começava a ser produzido no Brasil

Há um ano o Nissan Kicks começava a ser produzido no Brasil

Há um ano atrás, maio de 2017, o complexo industrial da Nissan em Resende (RJ) iniciava a produção do Kicks, crossover urbano global que estreou no Brasil e que por aqui já superou a marca de 45 mil unidades produzidas no período. O modelo já é o mais vendido da marca no mercado interno, com 46% de participação nas vendas. Em março passado, o modelo foi o mais vendido entre os SUVs oferecidos no mercado, com mais de 5 mil unidades licenciadas. Até agora, desde que iniciou a produção local, foram vendidas pouco mais de 38,5 mil unidades do Kicks no Brasil.

O Kicks foi lançado primeiro no Brasil, por ocasião das Olimpíadas, em agosto de 2016, mas as vendas eram feitas com unidades importadas e fabricadas no México: considerando as vendas também dos importados, o modelo alcança a marca de 60,9 mil unidades emplacadas no País, entre importados e nacionais.

Para produzi-lo em Resende, o complexo industrial recebeu investimentos adicionais na ordem de R$ 750 milhões, aporte que foi confirmado no início de 2016 pelo presidente global da Aliança Renault-Nissan, Carlos Ghosn, em sua tradicional passagem anual pelo País. Com a nova linha de montagem, a fábrica contratou mais 600 funcionários e a produção teve início efetivo em janeiro de 2017.

Menos de seis meses após sua produção nacional, o Kicks começou a ser exportado: o primeiro mercado a receber o produto brasileiro foi a Argentina e gradualmente foi seguindo para outros mercados da América Latina como México, Colômbia, Peru e Chile, se tornando o crossover mais vendido da Nissan na região em 2018.


Publicado em: 05/06/2018